sexta-feira, 4 de setembro de 2015

O treino que mudará suas opiniões concebidas

Às vezes, tudo o que você precisa para mudar de opinião é olhar mais de perto. Partindo desta premissa, com o intuito de promover os Jogos Paralímpicos de 2016, a agência Ogilvy criou a campanha intitulada "O Treino que Muda Opiniões" com alguns atletas paralímpicos em diversas academias do Rio de Janeiro.



Através de câmeras escondidas espalhadas pelas academias no Rio de Janeiro, o vídeo retrata a superação dos atletas: Luciano Dantas (halterofilista) que demonstra uma força incrível ao levantar sem muita dificuldade mais que o dobro do seu peso; Vinícius Rodrigues (velocista) correndo na velocidade acima de 23 km/h na esteira e a Lúcia Teixeira (judoca) finalizando com facilidade em poucos segundos os seus adversários. A ação de marketing além de evidenciar a performance dos atletas paralímpicos, acabou deixando os frequentadores das academias surpresos.

O objetivo da campanha é promover a inclusão social de deficientes e, em contrapartida, mostrar o quanto é surpreendente ver um atleta paralímpico de perto. Ao final, a ação finaliza com a mensagem: "Quando você vê um atleta paralímpico de perto, não dá para explicar". A produção é da Conspiração Filmes. Ora, se por um lado exalta o valor da superação de pessoas que são determinadas, por outro, como fica os moradores das comunidades menos favorecidas que estão sendo removidos ilegalmente e transferidas para bairros distantes que carecem de infraestrutura e são dominados por uma milícia fortemente armada? O fato é que não podemos deixar de mencionar que há muita sujeira sendo investigada e as injustiças que estão sendo cometidas contra o povo brasileiro. 

Neste sentido, surgem algumas questões: Onde ficam os direitos humanos básicos dos seres humanos? Qual será o legado para o benefício da população brasileira? Será que a derrota para os alemães durante a Copa serviu de aprendizado para tornarmos melhores como seres humanos civilizados ou apenas mais espertos em querer tirar vantagem em tudo? Quem está ganhando com esse jogo? Como diria o zagueiro David Luiz da seleção brasileira: "Eu só queria ver o meu povo sorrir". Assista ao vídeo logo abaixo.



Nota: O que você achou do vídeo?

Um comentário:

  1. No caso do anão ter braço menores lhe dá um vantagem enorme sobre alguem comum já que ele tem que levantar o peso em alguns centrímetros contra alguém que tem o braço grande por exemplo tem que levantar até mais de metro um supino. No caso da prótese de perna ela lhe dá uma vantagem enorme sobre alguém com perna normais. Não é que o cara é melhor que os outros. Veja a notícia do link para entenderem. https://estilo.catracalivre.com.br/comportamento/jovem-quer-ter-duas-pernas-amputadas-para-participar-das-olimpiadas/

    ResponderExcluir

Buscar

 

Facebook

Publicações recentes


Parceiros

CupomVálido
Jogos Friv

Arquivos