quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Vítimas do Facebook, o lado oculto da internet

Os seres humanos, por natureza, são criaturas sociais. Uma de nossas necessidades mais básicas e primitivas é se conectar com os outros. Quando o telégrafo foi inventado, no século 19, ele mudou tudo e todas as inovações que vieram posteriormente na comunicação tinham o mesmo objetivo: aproximar as pessoas.



Na internet, nós gravamos a nossa vida, interagimos com os outros e, sem pensar, compartilhamos as nossas experiências. É como se fosse uma versão moderna de nossa necessidade primitiva. Porém, todo o compartilhamento tem um risco pessoal. No documentário chamado "Vítimas do Facebook" ele nos mostra as consequências de pessoas que compartilham suas informações pessoais através das mídias sociais e que tiveram suas vidas modificadas pelo Facebook, seja por meio de dependência, demissão do emprego, término de relacionamentos ou até mesmo prisões, tudo por causa de suas próprias publicações ou de outras pessoas, no Facebook.

Para dar um contexto maior aos eventos, essas histórias são intercaladas com reflexões de especialistas nas áreas de sociologia, segurança da internet e mídias contemporâneas. Neste sentido, surge a questão: Você já imaginou que um simples clique pode gerar um grande transtorno para a sua vida? O documentário mostra, por exemplo, o caso da adolescente Thessa. Para comemorar os seus 16 anos, ela criou um evento no Facebook convidando os seus amigos para uma festa, porém, ela esqueceu só de verificar as políticas de privacidade do site e, sem querer, acabou tornando o evento público. Resultado disso, uma multidão de jovens invadiu a rua de Thessa e transformou o local num caos.


Nota: O que você achou do vídeo?

0  comentários:

Postar um comentário

Buscar

 

Facebook

Publicações recentes


Parceiros

CupomVálido

Arquivos