quarta-feira, 21 de junho de 2017

A crítica bem-humorada a internet das coisas

Os produtos inteligentes podem ser burros se não forem desenvolvidos para se adequarem às necessidades humanas. Se você se sente enrolado na tecnologia, saiba que você não está sozinho, até porque conforme aumenta a quantidade de aparelhos conectados, a sua frustração com a tecnologia também aumenta.


Isso porque antes de conectar os produtos, temos que de fato nos conectar com pessoas. Pensando nisso, a agência sueca Forsman & Bodenfors criou para a empresa de tecnologia Semcon, a sua mais recente campanha intitulada "The Internet of S**t Song", baseada na clássica canção infantil "Dem Bones" (Os Ossos, sobre a constituição do nosso esqueleto), onde ela faz uma sátira com o alarde exagerado em torno da Internet das Coisas (IoT) e com a falta de preocupação com o usuário, além de lançar um leve olhar sobre o que pode acontecer com todos os nossos dispositivos inteligentes se esquecermos de envolver os usuários.

O desenvolvimento da Internet das Coisas (IoT) aponta para uma tendência de crescimento nos próximos anos. As previsões indicam que, em 2020, haverá 30 bilhões de produtos conectados, e os investimentos feitos no setor totalizarão 1,29 trilhão de dólares. Ao mesmo tempo, os levantamentos nos mostram que muitos consumidores têm dúvidas sobre a utilidade e a aplicação dessa tecnologia. De acordo com uma nova pesquisa conduzida pela Inizio/Semco, nada menos do que 60% dos entrevistados declararam que a tecnologia os deixam frustrados. Além disso, a tecnologia é o elemento mais frustrante do nosso dia a dia, à frente de problemas como engarrafamentos e vizinhos barulhentos.

O videoclipe abaixo que foi gravado na África do Sul, sob o comando de Hansie Visagie, se passa em um futuro não muito distante, onde, Alex, o fantoche, se enrosca em um emaranhado de fios para mostrar claramente a necessidade de uma abordagem mais focada nos humanos. Ao final, a campanha assina com a mensagem: "Just because it's connected, doesn't mean it's smart" (Só porque está conectado, não significa que seja inteligente). O cenário foi feito de papel e as marionetes foram criadas utilizando impressão 3D.



Nota: O que você achou do vídeo?

0  comentários:

Postar um comentário

Buscar

 

Facebook

Publicações recentes


Parceiros

CupomVálido

Arquivos