quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Os refugiados que competirão nas Olimpíadas

Pela primeira vez na história, uma equipe de refugiados competirá nos Jogos Olímpicos deste ano. Estes atletas refugiados não pertencem a nenhuma delegação, eles não têm nenhuma bandeira para carregar e nenhum hino nacional para tocar. Mesmo assim, temos que dar as boas-vindas a estes atletas refugiados.


Após muita luta, eles conseguiram ganhar o reconhecimento pelo Comitê Olímpico Internacional. Por isso, dez atletas refugiados vão competir nos jogos olímpicos do Rio na natação, maratona, atletismo e no judô. O time vai representar os 65 milhões e 300 mil refugiados do mundo todo, representando o instituto "The Refugee Nation" (A Nação de Refugiados, na tradução livre do inglês), com uma bandeira laranja e preta, que lembra os coletes salva-vidas que usaram para as viagens de fuga. 

De acordo com Yara Said, responsável pelo design desta bandeira, ele diz: "Um preto e laranja (cores dos coletes salva-vidas) é um símbolo de solidariedade para com todos aqueles que cruzaram o mar em busca de um novo país. Eu mesmo usava um, que é por isso que eu assim me identifico com essas cores e essas pessoas". Confira o resultado no vídeo que foi documentado pela agência Ogilvy, de Nova Iorque.


Nota: O que você achou do vídeo?

Um comentário:

Buscar

 

Facebook

Publicações recentes


Parceiros

CupomVálido
Jogos Friv

Arquivos