quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

Jornada das tartarugas-marinhas nos oceanos

De redes de pesca, o derramamento de óleo, as mudanças climáticas e aos plásticos: as ameaças para as tartarugas-marinhas e outros animais estão piores a cada dia. Porém, temos uma chance para mudar isso. O Greenpeace lançou curta-metragem chamado "Jornada das tartarugas" para alertar sobre essa situação.


Este curta-metragem conta a história de tartarugas-marinhas que estão tentando chegar em casa. Pelo caminho, eles enfrentam várias ameaças, como a atividade petrolífera, derramamento de óleo e a pesca de arrasto. A animação foi produzida em parceria com o premiado estúdio Aardman, criador de A fuga das galinhas e Wallace & Gromit. Os atores que dão voz aos personagens são renomados e ganhadores do Oscar: Helen Mirren e Jim Carter são os avós, David Harbour é o pai, Olivia Colman a mãe, Bella Ramsey a filha, Ahir Shah a adolescente e a estrela-do-mar é a atriz brasileira Giovanna Lancellotti.

De acordo com a organização não governamental ambiental, o filme é baseado na situação real dos animais pelos oceanos do mundo. Seis das sete espécies de tartarugas-marinhas estão em risco de extinção devido às pressões de atividades econômicas, como a pesca excessiva e a busca pelo petróleo, e pela poluição dos plásticos. Além disso, as mudanças climáticas estão causando a acidificação e o aquecimento dos oceanos. Isso está interrompendo o suprimento de alimentos para a vida marinha e danificando ecossistemas.



Nota: O que você achou do vídeo?

terça-feira, 7 de janeiro de 2020

Outdoor do Drácula que se transforma à noite

Para comunicar a chegada da mais nova série Drácula às telas da BBC, a equipe criativa do canal resolveu divulgar a novidade de uma forma diferente e montou um outdoor especialmente que se transforma à noite, que quando acesos através de um jogo inteligente das sombras, criam uma silhueta de um rosto.


A campanha bem-humorada da série brinca com a ideia do vampiro não aparecer enquanto há luz do dia. Abaixo do outdoor há uma caixa escrito: "No caso de vampiros, quebre o vidro" contendo uma estaca de madeira pontiaguda para que o indivíduo possa se defender de qualquer eventual ataque. Os dois outdoors estão localizados na Brixton Road, em Londres e na Upper Dean Street, em Birmingham.

A série desenvolvida por Mark Gatiss e Steven Moffat e protagonizada por Claes Bang possui três episódios de 90 minutos e está disponível no catálogo da Netflix desde o dia 4 deste mês, depois de ser transmitido pelo canal da BBC One. O trabalho é uma criação de James Fairfield, Mathew Rees, Reuben Dangoor, Vikki Stephenson e Dominic Lea. Confira a transformação completa do outdoor no vídeo abaixo.


Nota: O que você achou da ação?

segunda-feira, 30 de dezembro de 2019

Distopia para pessoas clicarem nos anúncios

Estamos construindo uma distopia movida a inteligência artificial, diz a tecnossociologista Zeynep Tufekci. Na palestra no TED, ela detalha como os mesmos algoritmos de empresas de tecnologia que são usados para induzir cliques em anúncios também são utilizados para organizar informações políticas e sociais.


Ela diz que as máquinas nem são a verdadeira ameaça. O que precisamos entender é como os poderosos podem usar a inteligência artificial para nos controlar, manipular de formas novas, às vezes ocultas, sutis e inesperadas. E complementa dizendo que muita desta tecnologia que ameaça nossa liberdade e dignidade num futuro a curto prazo está sendo desenvolvida por empresas que estão no negócio de captura e venda de nossos dados e atenção para anunciantes e grandes companhias.

Além disso, ela mostra alguns exemplos de como algoritmos podem inferir facilmente ao entender nossas fraquezas, identificar sua etnia, posição religiosa e também política, traços de personalidade, inteligência, felicidade, uso de substâncias viciantes, separação dos pais, idade e gênero somente a partir das curtidas no Facebook ou também combinar você com seus dados fora da rede, podendo ser qualquer coisa, desde seus registros financeiros ou talvez através do seu histórico de navegação. Neste sentido, a palestrante questiona se estamos construindo uma infraestrutura de vigilância autoritária só para que as pessoas cliquem em anúncios. Confira a palestra completa no vídeo abaixo.



Nota: O que você achou do vídeo?

quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

Robô descobre futuro cada vez mais humano

Notoriamente focado no futuro da humanidade através da tecnologia em sua mais recente campanha de final de ano intitulada "Por um futuro cada vez mais humano", o banco do Itaú está propondo uma reflexão sobre o que estamos nos tornando, em um contexto cada vez mais tecnológico que irá moldar o futuro.


Criado pela agência África e com narração do ator Matheus Nachtergaele, o comercial mostra o discurso de um robô questionado por uma menina sobre o que é o futuro, onde a máquina se vê cada vez mais surpreso com a capacidade dos seres humanos de desafiarem a lógica, relembrando os fatos marcantes que aconteceram durante este ano e as previsões feitas por seus algoritmos e dados.

Curiosamente, a empresa mostra que o futuro será feito das pessoas, e não das máquinas, o que não condiz com o cenário atual da própria companhia, uma vez que, o seu atendimento atual já é realizado através de robôs, isso sem mencionar que a própria campanha também diz ser distribuída através do WhatsApp por meio de um robô. A possível explicação para isso seria porque talvez as pessoas esperassem mais da tecnologia e menos um do outro, até porque robôs sociais (no caso, a atendente digitando em um suposto teclado de computador) dariam a nós a ilusão do companheirismo.

O que chama atenção foi o robô mostrar para uma menina que é impossível dela se curar, uma vez que, como a máquina trabalha com probabilidades, seria mais preciso fornecer uma porcentagem de chances para essa menina ao invés de dar essa informação em uma possível tentativa aproximada de mostrar que também possui a complexidade das emoções mesmo que artificiais e da beleza da imperfeição.


Nota: O que você achou do vídeo?

terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Vaga-lume incentiva a brilhar da sua maneira

O banco do Bradesco estreou na segunda-feira (9), sua tradicional campanha de Natal. A animação em 3D é uma releitura de 2018, porém, com destaque para à diversidade. Neste ano, a vaga-lume Luna que não acende recebe ajuda de Vitinho, um garoto de Síndrome de Down, para tentar salvar um grupo de insetos.


Criado pela agência Publicis, a mais recente campanha repete a mesma receita de sucesso neste ano. O comercial mostra um menino colocando diversos vaga-lumes dentro de um pote de vidro. Na sequência, outro garoto faz amizade com um vaga-lume. Os vaga-lumes são colocados no quarto e a vaga-lume solta é levada pelo outro garoto para tentar libertar os seus companheiros. Então, ela consegue derrubar o vidro no chão, porém, o dono do pote aparece e fecha a janela rapidamente.

Após isso, o vaga-lume consegue sair da casa pela janela e chama dezenas que acabam invadindo o quarto, que fica todo iluminado, para a felicidade das crianças. Ao final, a campanha que teve duração de seis meses incentiva as pessoas a brilharem dos seus jeitos. A trilha sonora se chama "Hero", de Mariah Carey, interpretada pela brasileira Ráae. A produção é da Zombie Studios.



Nota: O que você achou do vídeo?

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Comerciante usa filho em propaganda de Natal

A Hafod Hardware, uma pequena loja de ferragens em Rhayader, no país de Gales, que abriu as portas em 1895 e pertence à mesma família deste então, lançou o seu anúncio de Natal que está repercutindo muito na mídia britânica. O objetivo do comercial é incentivar as pessoas a comprarem de produtores locais.


Curiosamente, a campanha custou somente 100 libras (cerca de 550 reais, sendo que boa parte do valor foi para o cantor da música usada no comercial para ser produzido), valor muito mais alto se comparado ao custo do anúncio da rede de lojas britânica John Lewis: 7 milhões de libras. O vídeo feito pela loja de família é protagonizado pelo menino Arthur Jones, de apenas dois anos, tem conquistado muitos elogios nas redes sociais e já pode ser considerada com uma das melhores do ano.

Com menos de dois minutos de duração, o anúncio começa mostrando o pequeno Arthur saindo da cama e se dirigindo até a loja, onde irá realizar diversas atividades, desde varrer o chão até embrulhar presentes. E tudo isto acontece ao som de um cover de "Forever Young", de 1984, interpretado pela cantora norte-americana Andrea von Kampen. Ao final, o texto completa "Be a kid this Christmas".

O dono da loja e responsável pelo vídeo, Tom Jones, diz que o objetivo era fazer o melhor anúncio de Natal do ano. Ele ainda diz: "Os comentários até agora têm sido incríveis" e complementa "Fazer o vídeo com o meu filho foi uma experiência que vou recordar para o resto da vida. Ele é um garoto tão esperto e mentiria se dissesse que foi difícil convencê-lo a representar".



Nota: O que você achou do vídeo?

terça-feira, 26 de novembro de 2019

A sátira e irreverência às novelas mexicanas

Para apresentar os seus novos temperos de coentro e pimenta que são sabores característicos das regiões norte e nordeste do Brasil e também mostrar a reformulação de sua embalagem do macarrão instantâneo "Nosso sabor", da Nissin, a agência Dentsu Brasil resolveu fazer uma sátira através das novelas mexicanas.


Baseado no bom humor e em vez de ser um anúncio que usa os clichês da novela, as cenas foram filmadas e redubladas com falas propositalmente fora de contexto para criar um efeito cômico, enquanto aborda a mudança de embalagem e as novas composições dos temperos. Com uma linguagem divertida, a campanha é composta por sete filmes que serão veiculados na TV aberta, rádio e digital.

A campanha é resultado de um profundo estudo sobre o público-alvo do produto, que revelou que novela é um dos tipos de entretenimento mais consumido, assim como o humor. Então, a marca buscou um formato inovador que reunisse o apelo desses dois conteúdos com as novidades da marca. A produção é da Damasco Filmes com direção de Los Cabras. Segundo a agência, todos os dubladores utilizados na produção são de estados do Nordeste, para trazer ainda mais identificação na região.



Nota: O que você achou do vídeo?

Buscar

 

Facebook

Publicações recentes


Parceiros

CupomVálido