domingo, 22 de novembro de 2020

Como banheiros mudam as vidas das pessoas?

Metade de nós não tem saneamento básico no Brasil, mais de 87 milhões de pessoas não têm acesso a coleta de esgoto e mais de 4 milhões de brasileiros não têm acesso a um banheiro. Para conscientizar a população sobre dados como esses, a Neve produziu um documentário em parceria com a Playground.

O documentário intitulado Banheiros Mudam Vidas mostra a história de iniciativas que estão lutando para mudar esse cenário, e a história de diversas vidas que já foram afetadas por essa mudança, pois o saneamento básico é fundamental. Entre 2016 e 2018, o programa impactou milhares de vidas e ajudou a construir um futuro mais digno para populações em situação de vulnerabilidade pelo Brasil.

O relatório "UNICEF Brazil 2016 - 2018 Partnership Summary" mostra que foram diretamente alcançadas mais de 90 mil pessoas, de gestores públicos capazes de desenvolver políticas de saneamento a indivíduos que receberam treinamento direto, enquanto outro 1,2 milhão de pessoas, como jovens de pelo menos 300 municípios do Brasil e indivíduos impactados pelos membros da comunidade que receberam treinamento, foi indiretamente beneficiado pelo programa.

Nota: O que você achou do vídeo?

quarta-feira, 11 de novembro de 2020

Disney celebra o Natal neste curta-metragem

Para celebrar os 40 anos de parceria com a instituição de caridade infantil Make-A-Wish, a Disney lançou um curta-metragem de animação chamado "From our family to your" com a duração de três minutos que conta a história de uma avó, da sua neta e das tradições familiares que as conectam ao longo dos anos.

A narrativa é inspirada nas tradições, no sentimento de união da família e na nostalgia, e apresenta duas novas personagens, a avó, Lola, e a sua neta, juntamente com Mickey Mouse, um amigo da família e o brinquedo preferido, oferecido a Lola quando ela era criança pelo seu pai, em 1940. A cada ano que passa, o Mickey aparece para simbolizar a infância de Lola, no passado, e a ligação à sua neta, no presente, e acaba por inspirar uma surpresa festiva na manhã de Natal.

A animação é acompanhada pela música "Love is a Compass", interpretada pela artista britânica Griff. O anúncio faz parte da campanha chamada "Histórias que nos unem" que a Disney preparou para este Natal em parceria que mantém há 40 anos com a Make-a Wish. O Mickey de pelúcia que vemos na animação também foi lançado para ajudar a arrecadar fundos a instituição. A música também estará disponível para venda, cuja receitas das vendas digitais serão totalmente entregues à ONG.

Nota: O que você achou do vídeo?

sexta-feira, 6 de novembro de 2020

O ponto de virada produzido por Steve Cutts

O Steve Cutts é um ilustrador e animador inglês que, embora já tenha trabalhado para grandes empresas, é reconhecido por algumas das animações de curta duração que produziu, algumas delas criticando as grandes empresas. Combinando o uso de softwares, seus vídeos têm em comum o tom satírico e polêmico.

Fazendo o uso de softwares como After Effects, Premiere Pro, Clip Studio Pro e Cinema 4D, seus vídeos trazem muitas críticas sociais, especialmente com questões ligadas à preservação do meio ambiente e dos direitos animais, ou seja, um movimento que luta contra qualquer uso de animais não humanos que os transforme em propriedades de seres humanos.

Desta vez, em seu clipe chamado "The Turning Point" (O ponto de virada) ele faz um alerta chocante para denunciar a alienação humana, no qual os humanos agissem como animais, enquanto os animais selvagens agissem como humanos. Além disso, ele explora a destruição do meio ambiente, as mudanças climáticas e a extinção de espécies de diferentes perspectivas. Como seria o mundo se os animais fizessem com os humanos o que nós fazemos com eles? A trilha sonora se chama "Wantaways" de Ken Seto.

Nota: O que você achou do vídeo?

terça-feira, 27 de outubro de 2020

O drama das árvores ameaçadas na Amazônia

A natureza sempre encontra um jeito de cuidar de nós. A Amazônia está próxima ao seu "ponto de não-retorno" e, em apenas algumas décadas, pode ter 40% de suas florestas tropicais transformadas em savana, com aspectos parecidos ao Cerrado, de acordo com estudo publicado pelo jornal Nature Communications.



A mudança será irreversível, uma constatação que se torna ainda mais preocupante já que as florestas tropicais constituem um ambiente muito mais rico em biodiversidade, responsável por uma maior absorção de quantidade de CO2 em comparação à cobertura vegetal de gramíneas e árvores esparsas da savana. A vida de todos está em risco, especialmente daqueles que habitam o ecossistema ameaçado. 

A campanha intitulada "Árvore Refugiada" criada pela agência África e produzida pela Hungry Man conta a jornada de uma árvore refugiada, o Jatobá, e também convida as pessoas a assinarem uma petição pela suspensão de todo o desmatamento durante os próximos cinco anos, meta baseada nas "5 Medidas Emergenciais para Combater a Crise do Desmatamento da Amazônia" presentes em documento formulado por cientistas e entidades que atuam no território.

Além do Climate Reality Brasil, organização com o objetivo de informar a sociedade sobre os efeitos das mudanças climáticas no planeta, a ação tem apoio do GT Infraestrutura e Justiça Socioambiental, grupo de trabalho formado por 40 organizações socioambientais que atuam em conjunto a organizações locais, e do Engajamundo, rede de jovens que promove o engajamento político como meio de transformação.


Nota: O que você achou do vídeo?

sábado, 24 de outubro de 2020

Os animais hackeáveis por Yuval Noah Harari

Este é o discurso de formatura de Yuval Noah Harari para a turma de 2020. Nele, o autor ao invés de dar conselhos aos graduados, pede sua ajuda para lidar com um desafio sem precedentes à humanidade. A coisa mais importante em saber sobre o século XXI é que humanos estão se tornando animais hackeáveis.


Você provavelmente já ouviu muitas vezes que o seu smartphone, computador, ou até mesmo sua conta bancária pode ser invadida. Porém, o fator de mudança é que em breve pelo menos algumas empresas e governos podem invadir seu corpo e cérebro, também. Ao longo da história, as almas humanas foram uma caixa negra insondável. 

A biologia se funde com a ciência da computação, quando epidemiologia se familiariza com o smartphone e o Coronavírus encontra o aplicativo do Zoom. Para entender o que está acontecendo dentro de você, um sistema externo precisa conhecer muita biologia para acumular muitos dados sobre você para ter o poder de computação suficiente para sistematicamente hackear todos.

Nos últimos anos, empresas e governos desenvolveram tecnologias de vigilância que permitem que eles saibam que você está ouvindo e também o que você sente ao ouvir através de suas emoções. Agora, eles podem aprender alguma coisa com isso a respeito das suas visões políticas, seus gostos e até mesmo sua personalidade. Uma vez que um sistema externo pode invadir e vigiar 24 horas por dia os seres humanos e aprender seus medos e desejos, ele pode convencer eleitores e clientes a comprar qualquer coisa.

Você segue o seu coração? Cuidado, seu coração pode ser um agente duplo. Neste sentido, surgem algumas questões: Como viver em um mundo onde os humanos podem ser hackeados? Como proteger a democracia, a liberdade e o próprio sentido da vida, quando um algoritmo de computador poderia nos conhecer melhor do que nossa mãe ou nosso amante? Precisamos refazer a internet que conhecemos.


Nota: O que você achou do vídeo?

sexta-feira, 16 de outubro de 2020

Homenagem inusitada ao torcedor de papelão

Com o efeito da pandemia durante esse período que estamos passando neste momento, os estádios de futebol ficaram vazios, sem nenhum torcedor para acompanhar os jogos mais de perto e estão tendo que se contentar em apenas assistir pela televisão, internet ou quem sabe, até mesmo pelo clássico rádio.

Neste sentido, os clubes tiveram que trazer soluções criativas para manter os torcedores mais próximos. Lançada na última quinta-feira (15), a nova campanha intitulada "Cardboard Fan" da Bud Light criada pela agência Wieden+Kennedy, de Nova Iorque, traz desta vez um protagonista inusitado.

O enredo acompanha a épica história de um torcedor de papelão em busca da sua cerveja favorita. Em meio a uma partida de futebol americano nos Estados Unidos, o fã percebe que a bebida que ele mais queria acabou. Então, neste momento ele resolve sair do estádio, passando por diversas situações até se reencontrar com ele mesmo e sua cerveja preferida. A direção é de David Shane, da O Positive.

Nota: O que você achou do vídeo?

domingo, 11 de outubro de 2020

A democracia vive ou morre com você, certo?

A campanha intitulada "Dictators" criada pela ONG não-partidária RepresentUs demonstra através do líder norte-coreano Kim Jong-Un como é possível iludir seus eleitores através da "Deepfake", técnica de síntese de imagens ou sons humanos baseada em inteligência artificial para combinar através de uma fala simples.

"As pessoas estão divididas, seus distritos eleitorais são manipulados, os locais de votação estão fechando, então milhões não podem votar", diz Kim em seu filme. "Não é difícil para a democracia entrar em colapso. Tudo o que você precisa fazer é nada". A versão do Youtube do anúncio direciona os leitores ao site RepresentUs, onde a organização lista seis coisas que os cidadãos podem fazer para ajudar a que as próximas eleições nos Estados Unidos ocorram sem problemas.

Ao final, o filme finaliza com a seguinte mensagem: "A democracia vive ou morre com você. A filmagem não é real, mas a ameaça é." De acordo com a Mischief, os anúncios deveriam ser veiculados na CNN, Fox News e MSNBC no mercado de Washington D.C. As redes pré-aprovaram os anúncios, mas os retiraram um dia antes de irem ao ar. As organizações de notícias não forneceram nenhuma explicação sobre o motivo da remoção. Confira o vídeo da campanha abaixo.

Nota: O que você achou do vídeo?

Buscar

 

Facebook

Publicações recentes


Parceiros

CupomVálido