quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Pegadinha do carro de bate-bate que não bate

A engenharia social nunca esteve tão presente em nosso cotidiano como nos dias atuais. Se você observar com um pouco de atenção, irá perceber que ela está em todos os lugares. O objetivo é evidente, persuadir a tal ponto de fazer o que eles programaram sem que você tenha que pensar para refletir sobre o fato.



E se quando você fosse brincar no carro de bate-bate ele não batesse? Pois bem, você já tentou imaginar se houvesse um carro que freasse sozinho para você? Para demonstrar toda a eficiência do novo sistema de frenagem inteligente, a agência Try/Apt, da Noruega, criou para a montadora Volkswagen uma campanha chamada "City Emergency Break" (Freio de emergência para cidades) nos carrinhos de bate-bate.

Ora, se o objetivo da brincadeira do carro de bate-bate é justamente bater no outro veículo, qual seria o intuito de andar no carro que não bate? Diante disso, surgem algumas outras questões: Será que não estaríamos criando uma geração de jovens frustrados? Por que não tentar ensinar a pensar ao invés de criar um novo problema e somente após isso, oferecer a solução? Será mesmo que queremos que uma tecnologia tente resolver um problema que existe apenas em nossa cabeça? Confira as reações no vídeo abaixo.



Nota: O que você achou da ação?

0  comentários:

Postar um comentário

Buscar

 

Facebook

Publicações recentes


Parceiros

CupomVálido
Jogos Friv

Arquivos