terça-feira, 25 de novembro de 2014

A realidade desta tal indústria de alimentos

Este é o documentário chamado Alimentos S.A dirigido por Robert Kenner que retrata a realidade por trás desta grande indústria alimentícia americana, além de fazer uma abordagem profunda sobre o modo que os alimentos são produzidos e vão parar nas prateleiras dos supermercados até chegar direto a nossa mesa.



O documentário faz uma verdadeira reflexão de como a cultura do "fast-food" (comida rápida, em inglês) gerou a concentração da produção agrícola, que dominada pelo corporativismo está fazendo com que a agricultura familiar desapareça. O objetivo é fazer que os consumidores saibam a verdadeira origem do que estão comprando ou ingerindo, além de tentar ajudar as pessoas a redescobrirem o prazer de consumir e compreender a importância de entender de quem faz e como é feito os alimentos.

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o Brasil é o país do mundo que mais consome agrotóxico, representando cerca de 1/5 do consumo mundial. Além disso, o documentário mostra um dado bastante alarmante onde cerca de 70% dos alimentos processados nos supermercados têm pelo menos um ingrediente geneticamente alterado.

O fato é que as empresas precisam ter mais respeito com os seus colaboradores, dando a oportunidade de cada um ter uma voz ativa dentro da empresa, pois é como a trabalhadora diz: "Não ter opinião no seu negócio é degradante, é como ser um escravo da companhia". As pessoas pensam que as companhias são tão grandes e poderosas que não conseguirão alterar o estado das coisas. Porém, a realidade é totalmente oposta, pois em tempos onde as informações correm rapidamente através das redes sociais, é hora de mostrar que a união faz a força para que as grandes companhias perceberem que os consumidores podem mudar este cenário e que possamos ter hábitos alimentares diários mais saudáveis.

Ora, imagine o que seria se tivéssemos uma política nacional para que os alimentos fossem mais nutritivos, sem modificações e ainda assim, as pessoas pudessem se sentir realmente com mais disposição e energia, além de não adoecer tanto? Enfim, tudo é uma questão de reflexão sobre o comportamento, até porque os agricultores irão fornecer apenas aquilo que o mercado desejar, não é mesmo?


Nota: O que você achou do vídeo?

0  comentários:

Postar um comentário

Buscar

 

Facebook

Publicações recentes


Parceiros

CupomVálido
Jogos Friv

Arquivos