quarta-feira, 15 de julho de 2015

A gente não vai te ajudar. A gente vai se ajudar

O alcoolismo é uma doença e algumas pessoas não veem dessa maneira. Talvez seja a hora de tentar uma abordagem diferente das anteriores. Com base na cooperação, a agência JWT criou a campanha intitulada "A gente não vai te ajudar. A gente vai se ajudar" que visa teoricamente apontar as soluções, não dedos.


A filosofia dos Alcoólicos Anônimos é baseada em ajuda mútua até porque quando você ajuda os outros a continuar sóbrios, você permanece sóbrio também. Para eles, alcoólicos são mais que pacientes, são médicos também. Partindo desta linha de pensamento, a agência usou isso para empoderar os alcoólicos, ao invés de descriminá-los. A ideia foi cuidadosamente elaborada e produzida para diferentes meios. Após isso, foi enviado ao RH de várias empresas, faculdades, além de disponibilizar nas sedes acadêmicas em todo o Brasil. No final, um assunto delicado como esse foi tratado como deveria ser: com delicadeza.

Bom, analisando com certa dose de lucidez, a campanha primeiramente já começa de forma contraditória mostrando que o alcoolismo é uma doença, sendo que a sua dependência é que traz o malefício. Após isso, ainda faz questão de reforçar que a campanha visa apontar soluções, o que deixa o indivíduo que está recebendo a mensagem ainda mais confuso, já que não temos uma solução concreta. O fato é que a pessoa que é viciada em álcool deveria ser estimulada a beber com moderação como as propagandas de cerveja já fazem muitas vezes no final dos seus comerciais e não ainda estimular que o indivíduo pare de beber definitivamente, como se houvesse apenas o lado negativo da história. Sendo assim, e os benefícios de se tomar uma taça de vinho tinto diariamente durante a refeição, por exemplo, será que não protege o coração e faz bem para saúde?

Ainda podemos ir mais além: Será que esses tais publicitários que criaram a própria campanha não gostam de beber com moderação nos finais de semana ou feriados com seus amigos nos momentos de lazer? Neste sentido, podemos observar que a agência de propaganda que deveria ser transparente para que seja possível ter confiança e talvez investir no capital humano dos seus funcionários ou quem sabe ensinar a pensar, acaba sutilmente fazendo exatamente o oposto através da famosa técnica da psicologia reversa na tentativa de persuadir o público sem qualquer tipo de compromisso. Aliás, o maior retardante psicológico é a privação à liberdade. Enfim, esperamos que através de bons exemplos o mundo talvez possa se tornar um pouco melhor ou mais fácil de viver, até porque as nossas ações são o reflexo de nossas almas.



Nota: O que você achou do vídeo?

0  comentários:

Postar um comentário

Buscar

 

Facebook

Publicações recentes


Parceiros

CupomVálido
Jogos Friv

Arquivos