segunda-feira, 9 de maio de 2016

Sangue é desperdiçado por puro preconceito

Você sabia que o Brasil desperdiça milhões de litros de sangue todos os anos por puro preconceito? Isso porque de acordo com a Portaria 2712, de 12/11/2013, do Ministério da Saúde, determina que homens que se relacionaram sexualmente com outros homens nos últimos 12 meses tornam-se inaptos a doar sangue.


Pensando nisso, a agência África criou para a ONG All Out (movimento global que defende os direitos LGBT), a campanha intitulada "Wasted Blood" (Sangue Desperdiçado, em português). A ideia foi colocar utilizar um caminhão com milhares de bolsas de sangue para percorrer as ruas de São Paulo levando uma mensagem impactante: O Brasil desperdiça mais de um caminhão cheio de sangue todo dia por puro preconceito. O objetivo da campanha é chamar atenção para o fato de o Brasil ainda proibir que homens gays e bissexuais sejam doadores de sangue.

A doação de sangue por doadores gays e bissexuais ainda é tema de debate em muitas partes do mundo. Inúmeros países na América Latina, entre eles, Argentina, Chile e México, já revisaram seus procedimentos de forma a aplicar as mesmas regras aos doadores de qualquer orientação sexual. No site da campanha, homens gays e bissexuais poderão entrar numa fila de espera virtual para se tornarem futuros doadores quando esse preconceito acabar. A ação também contou com a parceria da Truckvan.



Nota: O que você achou da ação?

7 comentários:

  1. Não é preconceito. A questão é que a ciência "real" não se importa com o politicamente correto, e sim com fatos. Enquanto propagamos por aí que grupos de risco não existem, os médicos sabem que existem sim! Inclusive, usam esse tipo de informação para confirmar resultados positivos. Homossexuais, pessoas que colocaram piercings ou fizeram tatuagens, usuários de drogas injetáveis, HETEROSSEXUAIS que sejam promíscuos, todos são de maneira GERAL mais suscetíveis ao HIV. Então, para diminuir gastos e riscos, são muito mais criteriosos com esses grupos. E espero que a ciência continue assim. Se lixando para o dodói alheio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito comentário, ng aguenta mais esse chororô histérico desses paladinos da moral de web q atropelam fatos científicos por causa de ideologiazinha de DCE.

      Excluir
    2. Sou defensor da liberdade e igualdade entre todos. Inclusive do casamento gay. Porém, concordo plenamente com oq você escreveu.

      Excluir
  2. Excelente, sempre é melhor prevenir.

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente o Ministério da Saúde não pode divulgar os reais números do HIV no Brasil por conta da patrulha ideológica do movimento LGBT, porque aí saberíamos quem são os principais grupos vitimas e vetores dessa doença.

    ResponderExcluir
  4. VIADOS, CENSURARAM MEU COMENTÁRIO...

    ResponderExcluir

Buscar

 

Facebook

Publicações recentes


Parceiros

CupomVálido
Jogos Friv

Arquivos