terça-feira, 24 de março de 2015

Você seria capaz de notar um grande artista?

Um rapaz chamado Boris Lange, do canal Lifehunters, realizou um experimento social bem-humorado no Museu de Arte Moderna em Arnhem, na Holanda, para provar que muitas vezes as pessoas são influenciadas por alguém, pelo próprio local ou demonstram algum tipo de ausência de conhecimento sobre o assunto.


Para isso, o jovem resolveu foi pedir opiniões de alguns visitantes para que eles falassem um pouco sobre um quadro como sendo uma obra do famoso artista Ike Andrews, mas que na verdade custam 7 libras (9,53 euros) e está diante de várias outras obras que valem milhões. A proposta escancara a realidade e mostra como a arte ganha valor simplesmente por estar no museu e não em outro ambiente qualquer.

Isso lembrou um quadro do programa chamado "Lie Witness News" (Notícias de Testemunhas Mentirosas) do apresentador Jimmy Kimmel, onde o objetivo é pedir as opiniões das pessoas sobre fatos inexistentes. Neste contexto, resolveram enviar um grupo até um dos maiores festivais de música e arte nos Estados Unidos para fazer algumas perguntas aos fãs e ver o que eles achavam das bandas, cujos nomes eram inventados, mas mesmo assim, isso não foi suficiente para os jovens dizerem que conheciam as bandas.

Outro exemplo que podemos destacar é o americano chamado Joshua Bell, um dos melhores violinistas do mundo que foi ignorado ao tocar de forma magistral as mais belas composições clássicas no metrô. A ideia neste caso era justamente tentar descobrir se a beleza conseguiria chamar a atenção num local onde geralmente as pessoas estão com pressa e sem paciência. Diante disso, surge a questão: Será que nós conseguimos reconhecer um talento num contexto inesperado? E outra, será que não estaria também na hora de revermos os valores? Confira o experimento e aproveite para tirar sua conclusão no vídeo abaixo.



Nota: O que você achou do vídeo?

Um comentário:

Buscar

 

Facebook

Publicações recentes


Parceiros

CupomVálido
Jogos Friv

Arquivos