quarta-feira, 22 de abril de 2015

Restaurante cobra 30% mais caro dos homens

E se você decidisse ir a um restaurante para jantar e, ao consultar o menu, percebesse que há cobrança de 30% a mais nos valores dos pratos e bebidas para os pedidos feitos por homens, o que você faria neste caso? Pois bem, no Brasil as mulheres recebem em média 30% a menos para desempenhar as mesmas funções.


A campanha intitulada "The Unfair Menu" ("Menu Injusto", em português) que foi criada pela agência Agnelo Comunicação e realizada em parceria com o restaurante Ramona, localizado no centro de São Paulo, tem o objetivo de propor uma reflexão sobre a desigualdade salarial entre homens e mulheres. Ao perceber a diferença de valor no cardápio, os clientes acabaram ficando confusos com a situação. Porém, apenas quando as pessoas resolveram chamar o gerente do estabelecimento para entender o que estava realmente acontecendo é que eles descobriram o verdadeiro propósito da ação.

Apesar do constrangimento de alguns clientes, os homens não precisaram pagar os 30% a mais. Entretanto, tiveram algumas pessoas que fizeram questão de pagar os 30% a mais. Ora, tendo em vista que as mulheres ganham 30% a menos que os homens desempenhando o mesmo papel, não seria mais justo reduzir o preço do cardápio para as mulheres em 30%, ao invés de aumentar o preço dos homens? E outra, será que as mulheres pagam O MESMO valor que os homens para entrar na balada, por exemplo? Enfim, confira a reação do público e aproveite para tirar a sua própria conclusão no vídeo abaixo.



Nota: O que você achou da ação?

2 comentários:

  1. e o fato de que apesar de as mulheres viverem mais que o os homens, se aposentam 5 anos antes? Sobre isto ninguém faz um vídeo. Hipocrisia FDP hein?

    ResponderExcluir
  2. Vivem dizendo que as mulheres ganham menos desempenhando as mesmas funções, certo?
    Pois bem, parafraseando a personagem do ator Francisco Milani, na Escolinha do professor Raimundo, o "Pedro Pedreira" digam ai:
    -Afirmam que as mulheres ganham menos na mesma função certo? Então vamos lá... Oferta de emprego ou Contrato de trabalho com pagamento de salário MENSAL, de duas pessoas NA MESMA LINHA DE PRODUÇÃO, obviamente sendo uma Mulher e um Homem, produzindo a MESMA COISA, cujo pagamento seja por PEÇA PRODUZIDA, em que haja especificação CLARA que o pagamento POR PEÇA PRODUZIDA, para o homem será de R$ 1,00 e para mulher será de R$ 0,70...TEM???
    O ruim desses vídeos e declarações desse tipo, é que nem sempre convencem, ou seja, pra que realmente se acredite que a mulher ganhe menos, é preciso comprovar o que se afirma. Não se pode comparar pessoas com responsabilidades diferentes, com formação diferente, com tempo de casa diferente, e até mesmo com resultados diferentes, ainda que na mesma função.
    Se formos avaliar o salários das apresentadoras de televisão com peões de obra, simplesmente abordando o sexo, o argumento de que as mulheres ganham menos roda pelo ralo abaixo, não acham?
    Até porque, se, uma empresa diferenciar salário é crime, se esses "denunciantes" sabem disso (se afirmam que mulher ganha menos, é porque sabem!), e não tornam público, podem até serem processados por conivência com a prática de um crime, ou não?
    "Ainda que seja verdade... Precisa parecer verdade!"

    ResponderExcluir

Buscar

 

Facebook

Publicações recentes


Parceiros

CupomVálido
Jogos Friv

Arquivos