sexta-feira, 22 de junho de 2018

O incrível mistério sobre o poder da intuição

Este é um documentário chamado "O poder da intuição" que é dirigido por Hrund Gunnsteinsdottir (ex-funcionária da ONU) e a Kristín Ólafsdóttir, onde pensadores e espiritualistas discutem sobre o Innsaei, filosofia islandesa que promove a conexão das pessoas por meio da empatia e, principalmente, da intuição.



O objetivo do documentário é mostrar como a intuição é frequentemente construída em cima de toda nossa experiência de vida que nós temos. Além disso, ele leva-nos por uma viagem que busca compreender a sua arte de como o ser humano se conecta com a sua essência. Como consequência de sua própria "não preocupação" com os sentimentos e emoções, Hrund acabou ignorando os "chamados" do seu corpo, o que resultou em uma série de doenças e dores que lhe causaram um aborto espontâneo.

Tudo isso trouxe reflexões importantes e fez nascer o desejo da Hrund de entender porque as pessoas se tornam estranhas em suas próprias vidas, onde vivem, verdadeiramente, com suas razões e não com suas emoções. Neste sentido, ela observou que a escassez de sentimentos e emoções no dia a dia do ser humano causava um distanciamento interpessoal, o que ocasionava a privação de empatia entre nós.

Em um dos momentos mais marcantes do documentário, podemos conhecer a artista performativa Marina Abramovic em uma exposição intitulada "O Artista Está Presente" no MOMA (Museu de Arte Moderna de Nova Iorque), que ocupou todos os seus seis andares com a retrospectiva da carreira da artista. Na apresentação, ela se disponibilizava para quem quisesse passar um minuto de silêncio sentado olhando para Marina. O resultado desta experiência foi que ela acabou passando 700 horas sentada numa cadeira sem se mexer. A intenção era explorar a reação entre o artista, a plateia e as possibilidades da mente.



Nota: O que você achou do vídeo?

0  comentários:

Postar um comentário

Buscar

 

Facebook

Publicações recentes


Parceiros

CupomVálido