quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

O que robôs nos ensinam sobre nós mesmos?

Imagine um futuro onde sua torradeira consegue prever que tipo de torrada você deseja. Durante o dia, ela faz uma varredura e escaneia pela internet em busca de novos e interessantes tipos de torradas. Talvez ela pergunte sobre o seu dia e queira conversar mais sobre suas descobertas e nova tecnologia de torrada.


A que ponto ela se tornaria uma pessoa? Quando você se perguntaria se sua torradeira tem sentimentos? E se ela tiver, tirar ela da tomada seria um assassinato? E será que você ainda seria dono dela? Será que um dia seremos forçados a dar direitos as nossas máquinas? Para auxiliar nessas questões, o canal chamado In a Nutshell preparou um vídeo interessante para falar sobre direitos e limites filosóficos.

A maior parte dos pedidos por direitos para humanos ou animais se baseiam na questão da consciência e ninguém sabe o que é. Alguns neurocientistas acreditam que qualquer sistema avançado o suficiente pode gerar consciência. Então, se sua torradeira fosse potente o suficiente, talvez ela se tornasse consciente. Bem, não tão rápido. Será que o que nós definimos como direitos faria sentido para ela? E mais, o que robôs exigindo direitos nos ensina sobre nós mesmos? Aproveite para tirar as suas próprias conclusões e ative as legendas em português que estão disponíveis no vídeo abaixo.


Nota: O que você achou do vídeo?

0  comentários:

Postar um comentário

Buscar

 

Facebook

Publicações recentes


Parceiros

CupomVálido