terça-feira, 2 de março de 2021

Os efeitos tecnológicos e a arte de não pensar

O documentário chamado "Pausa: O intervalo do mundo" idealizado pelo escritor Patrick Santos mostra para nós a relação do tempo com a nossa vida. Nesta correria do dia a dia, estaríamos nós correndo como se fôssemos hamsters sem sair do lugar? Que horas que pensamos na vida após a chegada da tecnologia?

O que é necessário e o que é supérfluo? O que nos traz felicidade? Por que acelerar tanto a vida se a única certeza que nós temos é que um dia isso tudo acaba? Diante de diversas questões e no auge da carreira profissional, o escritor decidiu que era hora fazer um mergulho interno, ou seja, deu um tempo e resolveu tirar um período sabático (aquele tempo em que uma pessoa tira uma "licença" da carreira profissional para desacelerar e fazer algo do qual realmente deseja). Essa foi a melhor definição que encontrou para realizar uma pausa e abrir espaço para algo novo nascer.

Ora, e não é que em 2020 o mundo também parou? Um micro-organismo invisível aos olhos se espalhou por todo planeta. Da noite para o dia, as fronteiras foram fechadas, fábricas foram esvaziadas e a economia parou. Recolhidos em nossas casas, fomos obrigados a redesenhar nossas vidas. Diante deste cenário, o escritor resolveu buscar respostas através de várias personalidades de diversas áreas do conhecimento.

Nota: O que você achou do vídeo?

Um comentário:

  1. muito bem produzido e abordou bem o sentimento que o ser humano tem diante de situações que não pode controlar, interessante o caminho de levar a pensar em como se adaptar a situações de "descontrole" onde não temos o que fazer a não ser nos ajustar, nos refazer e recomeçar... parabéns e que sua pausa sabática seja sempre produtiva, em ações e sentimentos.

    ResponderExcluir

Buscar

 

Facebook

Publicações recentes


Parceiros

CupomVálido