segunda-feira, 19 de abril de 2021

Uma conversa com o futurista Gerd Leonhard

Nesta conversa com o seu produtor gravada na sua sala em Zurique, na Suíça, o futurista Gerd Leonhard reflete sobre o tema do seu próximo filme intitulado "O bom futuro", além de responder diversas questões. Que tipo de método devo usar para encontrar as principais previsões e como posso "voltar do futuro"? 


Porque o futuro é uma mentalidade e não um período de tempo? Porque estamos no ponto de inflexão da mudança exponencial? Porque é que o agora é tão diferente e porque é que os próximos 10 anos nos trarão mais mudanças do que os 100 anos anteriores? Quem definirá o que é realmente bom? Como vamos chegar a um acordo sobre como projetar "o bom futuro"? Se o capitalismo como o conhecemos é impróprio para o futuro que nos falta, quais são as alternativas? 

O futuro é pré-determinado? A liberdade pessoal será afetada como resultado das medidas de emergência da Covid-19? Como seria um bom futuro se não fosse distopia? Como transformar a crise climática numa oportunidade econômica? A tecnologia levará a mais isolamento social ou a relacionamento mais íntimos? O futuro não é algo que simplesmente cai sobre nós; é algo que criamos, todos os dias, por ação ou por inação. O futuro é nosso para ganhar ou perder. Teremos todas as ferramentas, mas teremos o "télos" (em grego, propósito)? Como diria o futurista norte-americano Alvin Toffler: "Os analfabetos do futuro não são aqueles que não sabem ler ou escrever, mas aqueles que não podem aprender, desaprender e reaprender".


Nota: O que você achou do vídeo?

0  comentários:

Postar um comentário

Buscar

 

Facebook

Publicações recentes


Parceiros

CupomVálido