terça-feira, 18 de agosto de 2020

A vida secreta dentro da mineradora chinesa

Em 2014, antes da plataforma da Ethereum, a mania das altcoins ou também das preocupações sobre o Tether e a Libra do Facebook, o site da Motherboard teve acesso exclusivo a uma enorme e secreta mina de Bitcoin alojada em uma fábrica reaproveitada na província de Liaoning, no nordeste rural da China.


O documentário intitulado "Inside a Secret Chinese Bitcoin Mine" (Dentro de uma mina de Bitcoin secreta chinesa) que você irá ver a seguir mostra toda essa infraestrutura que mantém a rede descentralizada da moeda digital em funcionamento e como as operadoras estavam lucrando muito. Jin Xin, gerente da mina de Bitcoin diz que o custo de eletricidade também é um fato relacionado, pois o gasto das máquinas é de mais ou menos 1.250 kWh, o que dá em torno de 80 mil dólares por mês (cerca de 440 mil reais).

A mina da criptomoeda era apenas um dos seis locais pertencentes a um grupo secreto de quatro pessoas, parte de uma operação de mineração colossal que, a partir dessa visita, gerou cumulativamente 4.050 bitcoins por mês, o equivalente a uma receita bruta mensal de $1,5 milhão no ano de 2015. Desde então, o mundo da mineração de criptomoedas se tornou ainda mais extremo. Confira o documentário abaixo.



Nota: O que você achou do vídeo?

0  comentários:

Postar um comentário

Buscar

 

Facebook

Publicações recentes


Parceiros

CupomVálido