01 fevereiro, 2024

Por que precisamos de estímulo constante?

Por que precisamos de estímulo constante durante o período do dia todo e para sempre? E mais, como é que nós chegamos aqui? A resposta para essa questão pode estar no mecanismo de rolagem infinita criado pelo Aza Raskin. E com intenção de facilitar a experiência do usuário, gerou um grande vício na internet.


A ideia é que como não há necessidade de fazer o movimento com o dedo e da mão para passar uma foto ou vídeo, a rolagem acontece automaticamente, isso porque a noção de tempo nas redes sociais difere da noção de tempo no cotidiano, justamente por não existir uma pausa para descanso ou reflexão.

Experimentar o momento de silêncio é um desafio nos tempos modernos. O fato é que a nossa capacidade de atenção reduziu à medida que a quantidade de informação também aumentou. O fácil acesso e o vício nessa substância química do prazer chamada dopamina talvez seja uma de nossas maiores falhas.

É nossa obrigação moderna se interessar por algo e ao mesmo tempo evitar a Síndrome de Fomo (o receio de ficar fora do mundo tecnológico ou quem sabe, talvez por não se desenvolver no mesmo ritmo que a mesma). Se compreendermos a ideia de que quanto mais consumimos, mais fome ficamos, torna-se mais evidente entender o motivo que gerou a necessidade deste estímulo constante.

Pensava-se que a tecnologia poderia aliviar a nossa carga de trabalho física e que robôs retirariam parte da bagagem de nossas mãos, porém, essa mesma bagagem somente foi substituída por outra, causando assim, exaustão mental e ainda nos dividiu devido ao enorme fluxo de notícias falsas reforçadas por algoritmos que estão sujeitos a interesses comerciais, no qual direcionam comportamentos, opiniões enviesadas e que nos expõe a recortes seletivos da realidade, gerando conflitos como nunca antes visto pela promessa da mecanização total do trabalho, onde a qualidade de vida seria equalizado e melhoraria consideravelmente neste novo modelo de sociedade que nos é recomendado de maneira sutil e em doses homeopáticas.


Nota: O que você achou do vídeo?

0  comentários:

Postar um comentário

Buscar

 

Facebook

Publicações recentes


Parceiros

CupomVálido